unnamed (7)

O 9º Encontro Nacional de Questões do Partido, encerrado nesta terça-feira (4), em Brasília, foi marcado pela provável transferência do cargo de secretário nacional de Organização do hoje vice-presidente do partido, Walter Sorrentino, para Ricardo ‘Alemão’ Abreu. A transferência será apreciada e votada na reunião do Comitê Central do partido nos dias 14 a 16 deste mês.

Em seu discurso de encerramento, Sorrentino fez um balanço dos 13 anos que esteve à frente da tarefa. Mais cedo, Alemão também discursou sobre os desafios que o aguardam na nova função.

“A missão de construir o partido, sustentar o trabalho de organização, como se sabe, é pesada, volumosa e perene. Nunca se está inteiramente satisfeito, há sempre mais por fazer”, destacou Sorrentino.

“Uma das missões mais complexas do nosso tempo histórico é construir uma força revolucionária como a corrente dos comunistas. Então, aprendi mais a valorizar cada vitória alcançada do que lastimar as insuficiências, embora apontando-as para que as enfrentássemos no estágio seguinte”, declarou o dirigente comunista.

Ele disse que se dedicou a tarefa de tornar madura a linha de construção, estruturação e organização partidária, em função do Programa Socialista, voltado para as condições contemporâneas da luta revolucionária do Brasil e do mundo -, e tornar o tema da organização coisa do cotidiano.

Alemão concordou que a organização serve para a ação política e de massas, defendendo assim como Sorrentino, uma orientação política que alavanque a organização no cotidiano, com diretivas voltadas para a base junto às massas populares, com agenda própria, capaz de enraizar o partido e constituir um eleitorado próprio e fiel aos comunistas.

Conferências ordinárias

Após a realização do 9º Encontro Nacional sobre Questões de Partido, encerrada no início da tarde desta terça-feira (4), o Comitê Central se reunirá nos dias 14, 15 e 16 de agosto próximos, para fixar as diretrizes e estabelecer as normas gerais para o processo de conferências.

As conferências estaduais e municipais e no Distrito Federal terão por pauta o exame de projetos de resolução política e de construção partidária elaborada pelos Comitês Estaduais, o balanço do trabalho de direção e eleição dos novos comitês municipais e estaduais. Também estarão na pauta as definições do projeto eleitoral do PCdoB em cada estado e município.

Do Portal Vermelho
De Brasília, Márcia Xavier

Anúncios