foto

“Democratizar a Comunicação é defender a Democracia Viva”

É com esta frase que o Barão de Itararé – DF, em conjunto com o Invenção Brasileira, realiza e convida blogueir@s, ativistas digitais, agentes culturais, militantes e cidadãos que defendem a Cultura e a Democracia Vivas para debater e construir alternativas e pontes para democratizar a comunicação no Distrito Federal.

Com o objetivo de construir uma agenda de ações e prioridades para que o Distrito Federal seja um ponto de inflexão nas políticas conservadoras que ainda mantêm fora dos meios de comunicação de massa, e sem acesso a recursos públicos para tal fim, a maioria da população brasileira, perpetuando a voz única que impera nas casas de todo o DF, sob o monopólio midiático da Rede Globo e seus parceiros regionais, o encontro debaterá políticas de banda larga, políticas de fomento a produção de conteúdos, verbas públicas de publicidade do DF, Canal da Cidadania, Conselho de Comunicação e iniciativas populares.
Não é de hoje que regulamentação dos artigos da constituição que tratam da comunicação estão na pauta, do Congresso e da Sociedade. Principalmente dos movimentos sociais que, em especial, tratam do tema. Fazem 3 anos do #ComunicaDF, encontro onde se construi uma agenda de compromissos com o GDF, e não se cumpriu. E hoje, passados 12 anos da chegada do primeiro metalúrgico ao posto máximo do país, e 5 da primeira mulher eleita para conduzir o país pelos caminhos da democracia, sentimos no cotidiano a falta que faz não termos realizado a reforma da comunicação.
Nos últimos meses recrudeceu o ataque conservador, de caráter fascista, ao Governo, à figura da Presidenta Dilma, ao ex-presidente Lula, a@s militantes de esquerda e, a todas e todos que defendem avanços nas conquistas sociais e que pretendem realizar as mudanças estruturais nas relações Capital X Trabalho X Estado. E toda essa virulencia é seivada, noite e dia, pelos meios de comunicação de massa, já consolidados e que se conformaram no período ditatorial pelo que o Brasil passou, entre 1964 e 1984, disseminando mentiras, preconceito e ódio. Hoje assistimos, quase que passivamente, reedições de falas e atos que levaram ao tão fadado momento da história do Brasil. Inclusive nas redes sociais.
Para que não se repita, blogueiros, ativistas digiais, artistas, produtores, lideranças comunitárias, movimentos sociais organizados, mesmo na cereteza de apoiar os governos Lula e Dilma, e que nunca deixaram de fazer a crítica e a disputa pela ampliação do acesso a meios e mecanismos de produção e fomento de uma comunicação, realmetne popular e democrática, se reunem no fim do mês de Agosto para debater, construir ações e defender a Democracia Viva brasileira.
O encontro, que ocorrerá dentro da programação da Semana da Anistia, será nos dias 28 e 29 de agosto, no CONIC e no Mercado Sul de Taguatinga respectivamente. No dia 28, teremos uma mesa de abertura com convidadas e convidados que possam apontar os desafios para Democratizar a Comunicção e defender a Democracia Viva. E no dia 29, no Mercado Sul, o encontro tratará de ações que nos permitam, através dos meios de comunicação digital, comunitários e populares construir as condições de ampliar as vozes dos homens e mulheres que desejam ampliar direitos e conquistas dos últimos anos.
Também ocorrerão atos culturais como apresentações, declamações poéticas, a ECOFeira do Mercado Sul e outras atrações.
Acompanhe em baraodf.blog.br

 

Anúncios