image

Uma estátua do orixá Oxalá foi depredada por um grupo de três pessoas na Praça dos Orixás na prainha do Lago Paranoá, próximo à Ponte Honestino Guimarães nesta terça-feira (29/12). Segundo relatos de moradores de rua, dois homens e uma mulher tentaram levar o cajado que faz parte da escultura. No entanto, ao ouvirem os gritos dos moradores, entraram em um carro e fugiram.

Segundo o presidente da Federação de Umbanda e Candomblé do DF e Entorno, Rafael Moreira, o incidente aconteceu na última semana. “No dia 23 de dezembro  estivemos na praça, mas não notamos sinais de agressão. Logo depois do Natal, no entanto, voltamos ao local e a estátua de Oxalá estava sem parte do braço.”

O caso vem à tona cerca de um mês após um incêndio ter destruído o terreiro de candomblé Axé Oyá Bagan, no Paranoá. Em setembro deste ano, outros dois terreiros foram incendiados no entorno do DF: um em Águas Lindas e outro em Santo Antônio do Descoberto.

“Em 2000, tivemos a inauguração da Praça dos Orixás, com 16 monumentos. Desde o início, são comuns ataques às estátuas, muitas vezes motivados por intolerância. Em 2005, chegaram a tacar fogo em Iemanjá. Nos últimos dois anos, ao menos seis monumentos foram depredados.”

Rafael Moreira, presidente da Federação de Umbanda e Candomblé do DF e Entorno

A Federação de Umbanda e Candomblé do DF e Entorno afirma que há anos pede, sem sucesso, a instalação de câmeras de segurança e a realização de rondas policiais na Praça dos Orixás. A organização também pensa em procurar a Justiça para tomar medidas contra as depredações. “Esses atos de vandalismo e intolerância estão ferindo pessoas. Machucar um orixá é machucar a história negra de mais de mil anos”, lamenta Rafael Moreira.

Festa de Iemanjá

Apesar dos ataques, a Festa de Iemanjá está mantida para 31 de dezembro na Praça dos Orixás. O local é utilizado por aqueles que fazem oferendas à rainha dos mares no ano novo. Na tarde desta terça (29), a infraestrutura do local era preparada para as festividades.

Neste ano, a comemoração tem início marcado para as 21h, com celebrações religiosas. Depois, a noite será animada por shows de Surdodum, Rita Benneditto, Nanãn Matos, Emília Monteiro, e Filhos de Dona Maria. Às 0h, haverá também queima de fogos.

Com informações do Portal Metrópoles

Anúncios