A ideia de dotar de transparência as despesas e as receitas do Governo do Distrito Federal de forma simplificada funcionou bem apenas por alguns meses. Lançado em junho de 2015, o aplicativo Siga Brasília deu publicidade aos salários dos servidores e a outros gastos de dinheiro público, mas a ferramenta está desatualizada desde outubro de 2015. Desde então, o portal não é abastecido com novas informações. .

O objetivo do site www.sigabrasilia.df.gov.br, de acordo com o próprio portal oficial do GDF, era atualizar e publicar “os dados sobre receitas e despesas e a escala da saúde diariamente. Já a remuneração dos servidores, mensalmente”.

Assim, o cidadão poderia acompanhar todos os gastos do governo por data, órgão e região, além de conferir quanto os servidores receberam por mês. Mas quem procura essas informações vai encontrar um portal em descompasso com a era digital.

 

Sigabrasilia/Reprodução

Salários pagos ao governador Rodrigo RollembergSigabrasilia/Reprodução

 

O aplicativo foi lançado com pompa, em evento grandioso no Cine Brasília. Na ocasião, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) fez questão de destacar que o Distrito Federal seria a primeira unidade da Federação a ter uma ferramenta com informações do Portal da Transparência.

Chegou a dizer, na época, que criar mecanismos para o engajamento dos cidadãos no controle dos atos públicos fazia parte do seu plano de governo: “O Siga Brasília é apenas um dos passos para reforçar esse propósito”.

Em atualização
Por meio de nota, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) informou ao Metrópoles que “está atualizando os dados referentes aos salários dos servidores, que são inseridos no aplicativo Siga Brasília.”

“As atualizações foram pedidas pela Controladoria-Geral do Distrito Federal e devem ser concluídas até o fim da próxima semana. São alterações de códigos no sistema que visam ao seu aprimoramento”, diz o documento.

Já a Controladoria-Geral do DF esclareceu que aguarda a atualização dos dados por parte da Seplag. Segundo o órgão, assim que a secretaria efetuar o procedimento, “as informações estarão disponíveis no Siga Brasília imediatamente”.

Fonte: Portal Metropoles

 

Anúncios