Pluralidade para aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, bem como o pluralismo de ideias, são alguns dos princípios que regem a Carta Magna quando o assunto é educação. Mas tudo isso está sob ameaça com a tramitação do PL 867/15, de autoria do deputado Izalci (PSDB-DF), que quer incluir na Lei de Diretrizes e Bases o Programa Escola Sem Partido para “pôr fim à doutrinação política e ideológica” em sala de aula. Entenda o impacto da proposta na opinião de pais, professores e parlamentares (Deputado Chico Lopes Alice Portugal).

Fonte: PCdoB na Câmara – https://www.facebook.com/pcdobnacamara/videos/520320881493477/

Anúncios