whatsapp-image-2016-10-27-at-19-49-33 whatsapp-image-2016-11-03-at-19-47-43O PCdoB está realizando debates sobre o futuro do DF com o tema: “A Brasília que Queremos” toda as quintas-feiras até o final do ano. Os primeiros encontros foram sobre o Desenvolvimento com a presença do presidente do Conselho Federal de Economia, Julio Miragaya e o segundo sobre a Educação com a participação do reitor do IFB, Wilson Conciani, o Pró-Reitor do IFB, Adilson Araújo, o professor da UnB, Remi Castioni, a presidenta da UESDF, Thays Oliveira e a vice-presidenta do PCdoB/DF e professora da UnB Olgamir Amacia.

Os dois debates lotaram o auditório da sede do PCdoB e trouxeram dados e informações atuais sobre a crise estrutural que o DF enfrenta. O primeiro debate realizado sobre o desenvolvimento enfrentou a questão do apartheid social e territorial que o DF tem, assim como as alternativas para o crescimento e o desenvolvimento e o debate sobre a industrialização e geração de empregos na capital do país.

O debate sobre a Educação abordou as ameaças ao ensino técnico, o fascismo nas escolas exposto pelo MBL e os defensores da lei da Mordaça, assim como as ameaças trazidas pela MP do ensino Médio e a PEC 55/241, a chamada PEC da Maldade.

Para o presidente do PCdoB/DF, Augusto Madeira “estamos convidando setores da sociedade e outros partidos para debater os graves problemas que o DF enfrenta e também as soluções e temos construído um excelente diálogo”.

Segundo o Madeira estão previstos mais debates até o final do ano.

Anúncios